Grupos de Trabalhos (GTs)

Títulos, Ementas e coordenação dos Grupos de Trabalhos (GTs)

 

GT 01 – Indumentária e moda: estudos baseados em artefatos

Coordenação: Profa. Dra. Márcia Merlo (MIMo / IED), Profa. Dra. Rita M. Andrade (FAV/UFG) e Profa. Dra. Anna Maria Rahme (MIMo / FAU-USP)

Estuda indumentária (algumas vezes relacionada à moda) com ênfase na cultura material. As discussões recaem sobre história, sociedade e cultura que podem ser analisadas a partir do estudo de artefatos, inclusive de sua visualidade. A vida cotidiana, as lembranças e afetos são alguns dos temas recorrentes neste tipo de estudo. Convidamos também aqueles que se interessam pela inserção da indumentária nos problemas relacionados à patrimônio e museus, como a formação de coleções, bem como na circulação das roupas em outras circunstâncias, como a da família e da vida social.

 

GT 02 –  Registros e narrativas visuais na moda

Coordenação: Profa. Dra. Kathia Castilho (Abepem/ PUC-SP) e Profa. Dra. Ana Claudia Mei de Oliveira (PUC-SP).

Estuda documentos audiovisuais que evidenciem modos de vestir e de entendimento da beleza, do comportamento de moda relacionado a diversas épocas e períodos históricos. O objetivo é reunir estudos e análises que revelem modos de ser e parecer evidenciados pela moda em diferentes mídias e suportes.

 

GT 03 – Indústria e comércio de moda: memórias empreendedoras

Coordenação: Profa. Dra. Tula Fyskatoris (PUC-SP) e Profa. Dra. Rafaela Norogrando (Universidade da Beira Interior / UBI – Portugal)

Este GT tem como propósito o estudo de dois elos substanciais da cadeia têxtil e de confecção – a indústria e o comércio – para recuperar e tornar evidente a memória empresarial inerente ao desenvolvimento da moda no Brasil. Igualmente, esperamos que este fórum de discussão possa revelar e, até mesmo, fomentar Centros de Documentação e Memória das empresas de moda brasileira, indiscutível patrimônio histórico ainda carente de pesquisas e reflexão.

 

GT 04 – Conservação preventiva em acervos de vestuário

 Coordenação: Profa. Dra. Manon Salles (USP) e Dra. Sheila Gies (Manchester Metropolitan University – Inglaterra, RU).

 A Conservação Preventiva pode ser entendida como o conjunto de ações destinadas a preservar  (ou a aumentar a expectativa de vida) de uma coleção têxtil, ou de uma roupa,  seja em ambiente  museológico ou em coleções  particulares. O Grupo de Trabalho propõe pensar questões  sobre as condições ideais de armazenamento, as políticas de aquisição e descarte dos acervos e coleções, as exposições em condições adequadas e a disponibilização dos acervos para pesquisa.